O Êscândalo da Merenda escolar em SP I – FSP joga a culpa em Marta Suplicy

O Jornal Mais Vendido do Brasil, a FSP, arrumou um jeito de isentar O Maior dos Governadores do Universo do esquema Serra-Kassab de propina na merenda escolar de SP: jogou a culpa na antecessora do Gênio da Economia na prefeitura de SP. Veja a notícia abaixo.

Comentário da Tia Carmela: Essa, meu filho, nem vou comentar. O Zezinho sempre gostou de fazer arte e jogar a culpa nos outros. Já falei várias vezes.

06/08/2009 – 08h44
 Kassab e Serra negam propina na merenda
 Publicidade
 da Folha de S.Paulo
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), e seu antecessor, o hoje governador José Serra (PSDB), negaram ontem (5) a existência de um esquema de propinas para manutenção de contratos de merenda escolar em suas gestões.
Em ação civil protocolada na terça-feira (4), o Ministério Público Estadual citou supostos subornos feitos por empresários do setor a fim de manter contratos com a prefeitura.
“O Ministério Público está livre para investigar. Vamos ver o que eles mostram”, disse ontem o governador. “Na minha gestão não houve irregularidade nenhuma. Eles estão aí investigando, ainda falta muita coisa. Estão livres para investigar e terem as informações que quiserem”, completou Serra.
A Procuradoria Geral de Justiça, órgão responsável por investigar governadores, recebeu cópias da parte da investigação que se refere à gestão Serra.
Kassab também comentou o caso e negou que haja pagamento de propina para sua gestão. “Existem denúncias no Brasil inteiro de que empresas vinculadas à merenda tenham uma ação nefasta em relação ao uso do recurso público. Aqui em São Paulo felizmente isso não acontece”, disse o prefeito.
O objetivo da ação do Ministério Público é impedir a continuidade dos contratos terceirizados da merenda na cidade. Uma nova licitação está prestes a ser concluída.
Os pagamentos, segundo os promotores Silvio Marques e Arthur Pinto de Lemos Jr., foram iniciados na gestão Marta Suplicy (2001-2004) e continuaram nos governos Serra (2005-2006) e Kassab.
Anteontem, quando a Promotoria apresentou a ação, a ex-prefeita Marta Suplicy negou as acusações e disse que vai recorrer a seus advogados. As empresas citadas também negaram pagar propina. Serra e Kassab não haviam feito declarações ainda.
Ontem, a Justiça deu 72 horas para a prefeitura se manifestar sobre a ação antes de tomar qualquer decisão. O prazo, diz o Tribunal de Justiça, passa a valer a partir da publicação do caso em “Diário Oficial”, o que deve ocorrer até amanhã.
Anúncios

One Response to O Êscândalo da Merenda escolar em SP I – FSP joga a culpa em Marta Suplicy

  1. sergio ruiz disse:

    Isso aconteceu com o Protógenes, tá acontecendo com a dilma,calúnias e mentiras,dissimulações e omissões,são as armas dos covardes, que só sabem jogar sujo. All Capone seria uma criança inocente perto dessa nossa máfia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: