Governo das Ilhas Cayman preocupado com aves migratórias

10/09/2010

Mr. Taylor ficou muito honrado por ter sido recebido pelo pres. Zezinho: “Gostei do humor dele; ele parece aquele cara do Monty Python”.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, cultiva desde já excelente relações com os governos dos países que interessam ao Brasil, ou seja, aqueles que têm representação diplomática na Disneylândia.

Por conta de sua condição de estadista de altura elevada, o Presidente de Nascença recebeu, nesta manhã, visita do governador das Ilhas Cayman, sr. Duncan Taylor. O governador desse importante território ultramarino britânico situado no Caribe apresentou suas preocupações ao Grande Estadista da Lapa.

O primeiro problema apresentado foi o risco de que o vazamento cloacal originário da casa da filha do Mais Genial dos Chiricos atinja as praias das Ilhas Cayman. O pres. Zezinho disse que as providências estão sendo tomadas para evitar que o vazamento se espalhe.

O outro problema é ainda mais grave. Mr. Taylor disse ao pres. Zezinho que seu governo vê com grande preocupação o risco de que uma grande migração de aves brasileiras deverá dirigir-se para as Ilhas Cayman a partir de outubro.  Temeroso pelo desequilíbrio ecológico que isto possa acarretar, o representante de S. Majestade solicitou providências do Mais Amado dos Homens Públicos para conter essa debandada em massa das aves brasileiras.

Segundo o governador das Ilhas Cayman, o medo dos caimaneses é que as aves brasileiras dilapidem e levem embora os recursos do prestigioso arquipélago fiscoparadisíaco. “Parece que elas já fizeram isso no Brasil, por isso estão sendo enxotadas”, teria dito o sr. Mark Scotland, ministro da Saúde e Meio Ambiente de Cayman, que também participou da reunião.

As aves enxotadas estão voando a toda velocidade para as Ilhas Cayman.

O assessor para assuntos caribenhos do Presidente de Nascença, Almirante Sérgio Ricardo, informou que as aves brasileiras há muitos anos visitam as Ilhas Cayman, mas não causam prejuízos ao ecossistema local.

Na verdade, segundo o expert em ilhas caribenhas fiscoparadisíacas, as aves brasileiras atuam como parasitas, e  costumam pilhar os ninhos das outras aves no Brasil. Periodicamente, levam os ricos botins  em seus enormes  bicos até as Ilhas Cayman, onde costumam escondê-los em discretos abrigos. Depois, voltam ao Brasil para buscar mais. Ou seja, os caimonenses não teriam porque se preocupar, pois o que as aves brasileiras acabam ajudando a dinamizar o ambiente e a economia das ilhas.

Aos chegar às ilhas, as aves procuram um edifício seguro para esconder o que trazem nos bicos enormes.

As explicações não convenceram Mr. Taylor e Mr. Scotland.  Os mandatários caimanenses apresentaram dados que provam que as aves estão sendo enxotadas em praticamente todos os estados brasileiros.

Os mesmos estudos mostram que mais da metade da população brasileira já começou a enxotar as aves parasitas e expulsá-las de seus ninhos.

Sem ter onde continuar sua prática parasita, as bicudas aves começam a encaminhar-se para as Ilhas Cayman para buscar o que deixaram guardado no arquipélago, e depois devem dirigir-se  para Miami com os bicos cheios. Com isso, o ambiente e a economia das ilhas sofreriam um grande baque.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: Apesar do clima tenso do encontro, os udenistas fizeram uma festa junina para homenagear os amigos das Ilhas Cayman.

O Zezinho sempre gostou de pegar passarinho e colocar na gaiola, e depois maltratar. Teve um tempo em que criou uns passarinhos, mas não deu muito certo. Uma vez, ele ganhou um passarinho de um tio que tinha um sítio em Minas. O tio voltou de lá e trouxe um passarinho de presente para o Zezinho. Era um passarinho vistoso, cantava alto, mas gostava de roubar a comida dos outros passarinhos, também.  O Zezinho um dia resolveu maltratar esse passarinho, e todo dia ele e o Reinaldinho Cabeção arrancavam umas penas dele. Um dia, o passarinho, que era muito esperto, aproveitou que o Zezinho não tinha fechado a gaiola direito e escapou. Antes de fugir voando, ainda deu uma bicada na cabeça do Reinaldinho Cabeção, que saiu correndo chorando…



Vazamento da casa da filha do pres. Zezinho pode chegar às Ilhas Cayman

03/09/2010

Se o vazamento chegar às Ilhas Cayman, será muito difícil consertar o estrago.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, tem uma consciência ambiental inigualável.  Preocupa-se com a poluição dos rios e dos mares.

Por isso,  o Presidente de Nascença está muito nervoso com os vazamentos que têm saído de uma casa de propriedade de sua filha, no Alto de Pinheiros.

O grande temor do Almirante do Tietê é que o vazamento dirija-se ao Mar do Caribe e, pior, às Ilhas Cayman.  Seria uma lástima a contaminação de tão belas praias, o que estragaria as férias de verão de muitos correligionários da UDN.

Os jornalistas de estimação do pres. Zezinho estão à vontade na cobertura do caso.

Segundo fontes do Departamento de Limpeza da UDN, que aceitaram vazar a informação mediante módica compensação, o Mais Competente dos Gestores consultou o Almirante Sérgio Ricardo, grande navegador que abriu os mares do Caribe para a UDN. Tendo indagado sobre os perigos da chegada do vazamento às formosas ilhas caribenhas,  obteve uma resposta lacônica: “essa tragédia vai estragar nossas férias e nossas aposentadorias!” Consta que alguns udenistas têm planos vinculando suas aposentadorias ao simpático balneário fiscoparadisíaco.

Sempre responsável ambientalmente, o Presidente de Nascença imediatamente despachou o Alm. Sérgio Ricardo rumo às Ilhas Cayman, com uma esquadra de limpeza, para prevenir o desastre.

Culpados

O vazamento pode enlamear muitos pássaros de bico grande.

Na campanha do Maior dos Brasileiros, há suspeitas que esse vazamento tambem seja obra da máquina de vazamentos operada por um líder dos blogueiros sujos, já denunciada anteriormente.

O office-boy da CIA telefonou informando que os EUA não irão intervir no caso. E que não  aceitarão nenhuma nova negociação em torno do Acordo CARACU EUA-Brasil, caso o vazamento chegue às Ilhas Cayman e impeça os udenistas de visitá-las e usufruir tudo o que merecem.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: rumores de que o vazamento chegaria às Ilhas Cayman interromperam a festa junina da UDN.

O Zezinho sempre gostou desse negócio de vazamento de esgoto. Uma vez, lá na Mooca, ele e o Reinaldinho Cabeção fizeram um furo num cano de esgoto da escola. Aí pegaram um lápis do Guerino, filho do seu Nicola, e enfiaram no furo. Quando começou o vazamento, foram ver e acharam o lápis do Guerino, com o nome dele escrito. O Zezinho e o Reinaldinho Cabeção falaram para a diretora que tinham visto o Guerino furar o cano e colocar o lápis lá para o vazamento sair devagarzinho. O Guerino levou uma suspensão. O Mário, irão mais velho do Guerino, esperou os dois na saída da escola para dar uma surra. Mas o Zezinho saiu correndo e deixou o Reinaldinho Cabeção apanhando sozinho, mais uma vez…


Felicidade no Dia de Finados: Pres. Zezinho chega à Caverna do Ostracismo

02/11/2010

Os agradecidos professores foram homenagear o pres. Zezinho.

O cortejo levando o Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, chegou há pouco à sua nova residência, o popular Retiro do Udenista, tradicional casa de repouso dos valorosos líderes da UDN.

Dirigido pelo ex-sábio FHC, o novo valhacouto do Presidente de Nascença localiza-se na Caverna do Ostracismo, fundos.

Ao longo do trajeto, o Maior dos Brasileiros  foi aclamado pelas ruas de S. Paulo. Foi o Dia de Finados mais feliz da história do Brasil.

O ex-sábio FHC recebeu um entusiasmado pres. Zezinho na Caverna do Ostracismo.

O cortejo deixou sua casa no Alto de Pinheiros e inicialmente dirigiu-se ao bairro da Lapa, onde o Mais Fiel dos Brasileiros discretamente recolheu sua assessora para assuntos inconfessáveis, a ciclonudista Soninha Copélia.

Dali, foram para o upper west side paulistano, o bairro de Higienópolis, onde se localiza a Caverna do Ostracismo.

Cortejo triunfal

Ao longo de todo o trajeto, o pres. Zezinho desfilou em carro aberto, sendo entusiasticamente ovacionado pela multidão que parou S. Paulo.  A marcha alegre se espalhou na avenida e insistiu: milhares de pessoas foram se somando ao cortejo, que mal conseguia abrir caminho entre a multidão.

GRATIDAO: Ao longo do trajeto do cortejo, paulistas lembravam as grandes obras do pres. Zezinho.

A cidade toda se enfeitou para ver o Pres. Zezinho passar, cantando coisas de amor.  Crianças balançavam bandeirinhas com a foto do Maior dos Brasileiros. Senhoras de idade, muito bem vestidas, acenavam com lenços brancos para o Presidente de Nascença. Adolescentes gritavam seu nome. Houve até desmaios de emoção.

Ao ser informada de que o pres. Zezinho agora terá tempo para suas fãs, a beata Maitê Proença largou as gravações de Passione e correu para a Igreja de San Gennaro (Rua da Mooca, 950). Lá,  rezou dois terços em agradecimento. O terço restante foi levado pelo sr. Paulo Afrodescendente para destino ignorado no Caribe.

Ao chegar, o Maior dos Filhos da Mooca foi recebido com festa por vários de seus seguidores que já moram na Caverna do Ostracismo desde 3 de outubro. O poeta romano Virgilius chegou a recitar uma ode composta especialmente para a ocasião, mas interrompeu após não conseguir conter as lágrimas de emoção.

Ninguém entende porque o pres. Zezinho gosta tanto desta ave parasita imprestável.

O pres. Zezinho levou para a Caverna do Ostracismo seus animais de estimação. Amante das aves, além da sra. Soninha Copélia, o Maioral dos Maiorais  levou sua araponga de estimação, Itagiba (PSDB-RJ). O pássaro xereta (Canalhus itagibus) alegrará os dias do pres. Zezinho na Caverna do Ostracismo, apresentando dossiês sobre seus companheiros de morada.

Outro que  ficará no viveiro anexo aos aposentos do Pres. Zezinho é Gabeira, um tucano verde que ele comprou em Ipanema. Mas, ao contrário de Itagiba, é uma ave parasita que não tem nenhuma serventia e só continuará dando despesa ao Maior dos Filhos da Mooca.

As verdadeiras razões

O pres. Zezinho arrumou uns remédios genéricos para o ex-gênio FHC

A ida do pres. Zezinho para o Retiro dos Udenistas, na Caverna do Ostracismo, fundos, ainda não teve suas motivações plenamente esclarecidas.  Alguns analistas disseram que o Almirante do Tietê teria tomado a decisão para atender o apelo de 55.752.529 de brasileiros, mostrando seu profundo compromisso com o povo. Outros disseram que preferiu ficar perto dos muitos amigos que fez durante a campanha eleitoral.

Uma terceira corrente sustenta que o pres. Zezinho optou por morar na Caverna do Ostracismo por altruísmo. O objetivo seria evitar que o ex-pensador FHC, que tem sofrido constantes ataques de inveja do usurpador do planalto, faça alguma bobagem maior do que as que já fez.

Fontes das Ilhas Cayman, no entanto, asseguram que o Maior dos Homens Públicos foi para a Caverna do Ostracismo por medo de que sua casa caísse. Situada  no Alto de Pinheiros, a bela morada foi presente da irmã do genial Daniel Mendes à filhota do pres. Zezinho, e está ameaçada por vazamentos que devem aumentar nos próximos meses.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN preparou uma festa junina black-tie para a ocasião.

A tia Carmela ainda não se recuperou de todo da ressaca de domingo, coitada. Ela se recusa a tomar chá de boldo do Chile e ainda está com dor de cabeça de tanta cidra que tomou para comemorar a ida do pres. Zezinho para a ponte que caiu. Quando eu contei para ela da chegada do pres. Zezinho à Caverna do Ostracismo, ela disse apenas: “Credo! Isso é bem notícia de dia de Finados. Que Deus o tenha”…


Milagre: Pres. Zezinho recupera-se de atentado fatal

22/10/2010

Em Curitiba, uma importante boneca inflável tucana lançou bolinhas de sabão na usurpadora-mirim do planalto, mas foi em legítima defesa da democracia.

Aliviada, a nação pode comemorar. O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, passa muito bem, depois de ter sofrido um terrível atentado na manhã de hoje.

Alvejado por uma bolinha de sabão assassina, o Presidente de Nascença foi socorrido a um hospital, onde submeteu-se a uma tomografia computadorizada de seu Majestoso Encéfalo.

O resultado do exame surpreendeu os médicos: “ele não tem nenhum arranhão”, disseram.

O ético e competente médico inca venusiano que o atendeu, dr. Jacozinho, informou que o ataque criminoso, capaz de matar imediatamente qualquer ser humano, não deixou sequelas no Presidente de Nascença. O que foi, inicialmente, diagnosticado como inchaço era apenas a expansão da caixa craniana para abrigar seu cérebro ampliado.


O perito Beato Salu provou que o pres. Zezinho não estava em impedimento na hora do lançamento da bolinha.

O Pres. Zezinho reestabeleceu-se tão rapidamente que, apesar da ordem médica de 24 horas de repouso, não parou um minuto. Imediatamente após a tomografia, o Maior de Todos os Sábios deixou o hospital diretamente para o estúdio de gravação de seu novo quadro humorístico: As Videocassetadas do Zezinho.

Beatificação acelerada

O bispo de Guarulhos, D. Luizinho, em programa na Rede Vida,  afirmou se tratar de um milagre, pois foi graças a sua fé  e devoção a si mesmo que  o Mais Cristão dos Brasileiros teve uma recuperação nunca vista.

Segundo o ex-ateu FHC, o milagre acelerará o processo de beatificação in vita do Presidente de Nascença, que poderá ser concluído no final deste mês. O epíscopo de mãos limpas também espera um novo milagre do Pres. Zezinho no dia 31 de outubro: a multiplicação dos votos.


Bento XVI convocou seus assessores para apressar a beatificação do pres. Zezinho

Imediatamente após tomar conhecimento da recuperação inédita e inexplicável do Almirante do Tietê, o Vaticano enviou uma comissão de peritos para avaliar a espantosa recuperação do pres. Zezinho.

Liderada pelo perito em filmes pornográficos de arte Ari Camelo, a comissão surpreendeu-se com o que viu.

Segundo o porta-voz do grupo, o dr. Salustiano Molina, apenas a Rede Globo poderia explicar o fato, pois a ciência não é capaz.

Onde de fé varre o país

Com a confirmação do milagre agora há pouco, pela voz embargada de William Bonner no Jornal Nacional, uma  onda de fé varre o Brasil. Os templos novamente se enchem, desta vez para agradecer ao Todo-Poderoso (no caso, o pres. Zezinho) por mais este milagre. A TV Globo cancelou a exibição da novela e levará ao ar uma edicão especial do Globo Repórter sobre os milagres do Maior dos Brasileiros.

Ao ser informada de que a recuperação do pres. Zezinho podia ser classificada como milagre, a beata Maitê Proença largou as gravações de Passione e correu para a Igreja de San Gennaro (Rua da Mooca, 950). Lá,  rezou dois terços em agradecimento. O terço restante foi levado pelo sr. Paulo Afrodescendente para destino ignorado no Caribe.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN fez uma bela festa junina no Jardim Botânico para comemorar o milagre do pres. Zezinho.

O Zezinho sempre gostou desse negócio de milagre. Uma vez, quando ele era criança, a mãe foi com ele na Igreja de San Gennaro. O Zezinho pediu para levarem também o Reinaldinho Cabeção e a dona Serafina deixou. No meio da missa, com a igreja lotada, o Reinaldinho começou a se queixar de dor de barriga, cada vez mais alto. Até que o Zezinho deu um croque na cabeça dele e o Reinaldinho Cabeção saiu gritando: “Milagre! Milagre do Zezinho! Não estou mais sentindo dor de barriga!” Deu o maior bode…


Padre vermelho viola sigilo de confessionário do Pres. Zezinho

09/09/2010

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, foi, mais uma vez, vítima da gang petista que está promovendo vazamentos por todo o país. Antes, sua filha, a genial empresária associada à famiglia Dantas, e o simpático líder udenocanino Cachorro-Lagosta também foram alvo de vazamentos criminosos.


ANCIÕES SUSPEITOS: Merdoval Pedreira denunciou a armação e pontificou: "Para padrecos vermelhos, a idade não traz sabedoria"

Desta vez, desesperados com a derrota iminente já no primeiro turno, os apoiadores da usurpadora-mirim do planalto foram longe de mais. Mostrando não ter nenhum escrúpulo em sua luta para destruir o estado de direito no Brasil, violaram o sigilo de confessionário do Presidente de Nascença.

Alguns blogueiros sujos, mancomunados com padres que são, na verdade,  agentes comunistas infiltrados na igreja, andam vazando segredos inconfessáveis do Maior dos Filhos da Mooca.

O acesso a esses pecados teria sido feito por padres vermelhos que usaram ilegalmente sua prerrogativa de ouvir confissões. Violando os segredos de confessionário, tentam atacar a imagem pura e irretocável do Maior de Todos os Homens Públicos.


Padre Albano (esq.) caiu em tentação e revelou os segredos de confessionário do pres. Zezinho.

Tal Cordeiro Imolado, o Mais Cristão dos Políticos disse que pretende perdoar os padres violadores. Mas, por via das dúvidas, já encomendou ao chefe de seu comitê de campanha na Rede Globo, Irmão Carmelo, um conjunto de reportagens esclarecedoras.

Sempre seguro de si, o Repositório Moral da Nação afirmou que não crê que o vazamento do seu sigilo de confessionário poderá atrapalhar o processo de sua beatificação in vita que corre no Vaticano: “Deus já perdoou os dois pecadinhos que fiz ao longo de minha vida”.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: Fontes da UDN afirmam que o responsável pelo vazamento é o padre da quadrilha da festa junina da UDN de MG.

O Zezinho nunca foi muito bom de confessionário. Uma vez, lá na Mooca, a mãe mandou o Zezinho ir se confessar, porque era Semana Santa. O Zezinho foi com o Reinaldinho Cabeção. Como era Semana Santa,  a igreja estava bem cheia, e tinha uma fila para o confessionário. Os dois ficaram lá na fila, esperando a vez. Enquanto esperavam, ficaram reinando,  fazendo algazarra e dando risada alto.  As senhoras que estavam na fila várias vezes deram bronca neles. Quando chegou a vez de confessar, o Zezinho foi primeiro. Falou só um ou dois pecadinhos. Aí o Padre Antonio, que estava dando confissão, perdeu a paciência e falou tão alto que a igreja toda ouviu: “você não tem vergonha de mentir desse jeito pra Deus? Vem dizer que só fez isso? Só enquanto estava na fila do confessionário eu vi você fazer muito mais pecados do que esses que contou!”


Casinha do Cachorro-Lagosta tem vazamento provocado por petistas

07/09/2010

A usurpadora-mirim do planalto treinou pessoalmente o traidor canino "Nego" em táticas de guerrilha cloacal.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, está cada vez mais indignado com a onda de vazamentos em volta daqueles que o cercam.

Primeiro, foi o terrível vazamento de esgotos da casa de sua filha, que pode chegar às Ilhas Cayman e estragar a aposentadoria de muitos udenistas.

O Presidente de Nascença ficou muito angustiado, porque o vazamento, se não for contido, pode fazer a casa cair.

O Cachorro-Lagosta não vai se deixar abalar pelo vazamento criminoso. Nem vai deixar a casinha cair.

Agora, a onda vermelha de vazamentos atinge um dos colaboradores que o Grande Engenheiro Pátrio  mais  estima: o popular líder canino da UDN, o Cachorro-Lagosta.

A casinha do líder udenocanino foi vítima de um vazamento cloacal criminoso que o obrigou a bater em retirada, juntamente com toda a sua assessoria canina.

O vazamento tornou a habitação animal impraticável e a há riscos de que a casinha caia.

Em busca dos culpados

Inicialmente, por um erro de seus auxiliares, o pres. Zezinho indicou um blogueiro sujo como principal suspeito. Agora, o  dedo rijo e cheio de autoridade da Referência Moral da Nação volta-se para outros facínoras.

A sra. Eliane Tacanhede disse que a usurpadora-mirim do planalto ainda não provou que esse esquema da casinha não foi usado por ela para fazer o vazamento.

Segundo o Jornal Mais Vendido do Brasil, o vazamento na casinha do Cachorro-Lagosta é fruto de um ato criminoso que só pode ser atribuído à usurpadora-mirim do planalto.  Segundo a coluna “Poder Canino” do jornal, o executor desse verdadeiro atentado à democracia e à higiene canina foi o labrador “Nego”, doado pelo terrível monstro bolchevique José Dirceu à usurpadora-mirim do planalto.

O Presidente de Nascença disse que o usurpador do planalto também é culpado pelo vazamento. Como membro da classe serviçal, não devia ter esperado suas ordens para consertar o defeito: “queria que eu sujasse minhas mãos?”, teria dito o Mais Preparado dos Chiricos.

    Estranhos mapas encontrados em uma loja de pão de queijo indicam encanamentos secretos que teriam trazido o esgoto que vazou.

Estranhos mapas encontrados em uma loja de pão de queijo indicam encanamentos secretos que teriam levado o esgoto que vazou.

Entretando, alguns informantes imputam o vazamento do esgoto da casa da genial mulher de negócios e da casinha do cãozinho a um encanador mineiro que andou fazendo uns serviços por lá e acabou brigando com o pres. Zezinho.  Vingativo, o bombeiro hidráulico das Alterosas teria deixado descoberta uma tubulação por onde passam os esgotos familiares, o que, mais dia, menos dia, levaria ao vazamento.

Outra versão aponta como suspeito o menino de recados do pres. Zezinho, sr. Bob Freire. O Presidente de Nascença confirmou que, quando tomar posse novamente na prefeitura paulistana, o Cachorro-Lagosta será o chefe do Centro de Controle de Zoonoses . Esta decisão fez o sr. Bob Freire  entrar em pânico.

QUADRILHA: Bob Freire e seus asseclas não gostaram de ver o Cachorro-Lagosta prestigiado pelo pres. Zezinho e por isso boicotaram a festa junina da UDN.

O ex-comedor de criancinhas teria se apavorado com a ameaça do Cachorro-Lagosta: acabar com os roedores na sede da UDN paulista. Disposto a impedir a desinfestação, teria mobilizado seu exército de roedores para atacar o moralizante líder pet.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho nunca gostou de sujar as mãos. Quando era criança, lá na Mooca, ele tinha um cachorrinho de estimação. Era um viralata chamado Barão, porque o pai dele tinha recolhido o cachorro na rua Barão de Limeira. O cachorro vivia fazendo porquice, fuçava no esgoto, espalhava sujeira por tudo quanto era lugar. Quando a mãe mandava o Zezinho limpar a casinha do cachorro e tirar a sujeira dele do quintal, o Zezinho chamava o Reinaldinho Cabeção para brincar com ele. Quando o Reinaldinho Cabeção chegava, ele fazia o moleque limpar a sujeira toda…


Pres. Zezinho teme que casa caia por causa do vazamento

04/09/2010

PAÚRA: Se a casa cair, pode levar muita gente junto.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, está indignado com os vazamentos da casa de sua filha no Alto de Pinheiros.

O Presidente de Nascença está muito preocupado com a segurança, assunto no qual, como se sabe, é o maior especialista brasileiro.

Segundo fontes da UDN, o grande medo do Mais Competente dos Gestores é que os vazamentos façam a casa cair.

O temor é que, na circunstância de que a casa caia, muita gente pode ser atingida, além do Presidente de Nascença e sua filhota. Vários udenistas que estão sempre por lá poderiam estar entre as vítimas.

Além disso, se a casa cair, seguramente o vazamento atingirá as Ilhas Cayman (ou Caimão), com grandes danos ao meio ambiente e à aposentadoria de diversos udenistas.

PRIORIDADES CLARAS: O Pres. Zezinho disse ser normal que algumas coisas desabem, mas não admite ver a casa cair.

O excepcional homem de negócios, Daniel Mendes, juntou-se à consternação geral. Já telefonou ao pres. Zezinho, oferecendo os préstimos de sua equipe. Como se sabe, o gênio dos negócios tem uma grande equipe a seu serviço, especializada em evitar que a casa caia, com muita experiência no ramo. “É o mínimo que posso fazer pela sócia de minha irmã”, teria dito.

A alma gêmea do Mais Competente dos Engenheiros, o sr. Demoarruda Bauducco, também ofereceu ajuda. Seu socorro, no entanto, foi gentilmente descartado pelo Presidente de Nascença, que comentou com auxiliares: “gosto muito dele, mas como vai me ajudar se deixou a casa dele cair, em Brasília?”

Não foi por falta de aviso

O ex-pensador FHC, em um momento de amargura, queixou-se por não terem sido ouvidos seus sempre sábios conselhos. Disse que há muito tempo avisos têm sido enviados, como atesta o vídeo abaixo em 1:13.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre teve medo de que a casa caísse. Quando ele era criança, lá na Mooca, uma vez ele, o Reinaldinho Cabeção e mais uns meninos bagunceiros que andavam com eles resolveram fazer uma cabana que seria o esconderijo secreto deles.

QUADRILHA: Se a casa cair, as festas juninas da UDN ficarão desfalcadas.

Juntaram uns caixotes velhos e fizeram a tal cabana no quintal da casa do Ricardinho, um menino que era filho de um sargento da Marinha. Quando a tal cabana ficou pronta e eles começaram a brincar lá dentro, o Zezinho achou que não tinha ficado boa e morreu de medo que aquela madeira toda caisse na cabeça dele. Chamou os moleques de incompetentes e disse que assim não brincava mais. O Reinaldinho Cabeção começou a chorar e disse que ia reconstruir tudo para ficar do agrado do Zezinho e não ter mais risco de cair.

Quando, três dias depois, o Reinaldinho Cabeção terminou, chamou o Zezinho para ver. O Zezinho disse que estava uma porcaria e que ainda tinha risco de cair na cabeça dele. E fez o Reinaldinho Cabeção refazer tudo pela terceira vez. Aí, quando a cabana ficou pronta e o Reinaldinho Cabeção foi mostrar, todo orgulhoso, o serviço que tinha feito, o Zezinho falou: “é, parece que agora ficou boa; mas eu não quero mais brincar disso…” . O Reinaldinho Cabeção ficou tão triste que ficou doente, teve até uma febre de 40 graus, ficou uma semana sem ir à escola…