Pres. Zezinho é homenageado em Cannes

26/05/2010

Quadrilha: a equipe de publicidade do pres. Zezinho fez uma festa junina para comemorar o prêmio.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, alcançou um reconhecimento internacional que nenhum brasileiro, nem mesmo Pelé, logrou obter.

Agora, foi homenageado pelo Conselho Mundial de Publicidade e Mídia (COMPUM), órgão que representa o setor publicitário em todo o planeta, congregando agências, profissionais da publicidade, anunciantes e veículos.

O COMPUM resolveu homenagear o Homem Que Sabe Tudo por seu trabalho em apoio à publicidade, outorgando-lhe o Leão de Diamante em Cannes, assim como o  título de Maior Anunciante de Todos os Tempos, graças ao recorde de 12.856.344 inserções publicitárias por dia, obtido pelo governo de S. Paulo em todo o Brasil nos últimos anos.

Homenagem merecida: o Leão de Diamante ficará exposto na estante de uma casa na Lapa.

A agência de publicidade do pres. Zezinho, SOBESP, também foi premiada com o título de Agência do Milênio. Outra agência do grupo UDN de publicidade, a Demoverdade, recebeu menção honrosa na categoria Responsabilidade Social e Respeito à Legislação.

Justiça

Em sua coluna em importante papel de embrulhar peixe, o  ghost-righter do pres. Zezinho, sr. R. Bolat, afirmou que o Presidente Incriado atingiu o ápice da perfeição que um homem público pode atingir, em todos os campos de atuação. Segundo Bolat, o prêmio deve-se ao infatigável trabalho do Mais Competente dos Gestores em prol da Pátria Paulista.

Não é sem motivo que o mundo civilizado curva-se à sua grandeza. Um a um, os grandes organismos internacionais rendem homenagem ao  Mais Capaz de Todos os Homens Públicos.

Desnecessário e impossível listar aqui todos os importantes títulos que O Maior dos Brasileiros já recebeu mundo afora. Apenas a título de exemplo, pode-se lembrar o Nobéu de Economia recebido em 2009.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho sempre gostou de ganhar prêmios. Já contei aqui como ele fazia o Reinaldinho Cabeção inventar concursos e prêmios e fazer o Zezinho ser vencedor. Uma vez, o Reinaldinho Cabeção inventou o prêmio: O Melhor Cliente da Cantina da Escola. Espalhou cartazes pela escola dizendo que o Zezinho tinha ganho o prêmio e era o melhor cliente da cantina. Aí eles foram na cantina e pediram para a dona Cida, que tomava conta, pra dar uma coxinha pra cada um de presente, já que ele era o melhor cliente. A dona Cida botou os dois pra correr e a molecada riu muito…

Anúncios

Pres. Zezinho ganha Nobéu de Economia

18/10/2009

O Supremo Economista da Nação já andava enciumado com o Premio Nobel da Paz dado a Barack Obama e os comentários da mídia internacional de que Lula merecia mais o prêmio que  seu colega dos EUA.  Agora, com a outorga do Prêmio Chatham House ao usurpador da cadeira que lhe é devida por direito divino, o Maior dos Presidentes que o Brasil Poderia Ter resolveu agir. Já encomendou um Prêmio Nobel de Economia só pra ele.

O Grande Economista Pátrio convocou sua assessora especial para premiações internacionais,  Deisi Kusztra, para o serviço. Dona Deisi notabilizou-se pelo envolvimento em denúncias de desvios de recursos para as criancinhas e por ser a responsável pela indicação do ilustre John Mainard Smith dos Novos Tempos à premiação de uma organização chamada OMF que foi divulgada como integrante da ONU, equivocadamente.  Informada de que não seria possível a outorga do Prêmio pela Fundação Nobel, dona Deisi usou de toda a sua e seu trânsito internacional para criar o Instituto Nobéu, com sede no bairro da Lapa, em São Paulo. Foram convidados para conselheiros do Instituto Nobéu e júri do prêmio os grandes especialistas em economia C. Sardenberg, Miriam Porquinho, Bóris Casoy e João Dória Jr.

Com esse novo prêmio, o Futuro Alavancador do PIB Nacional aumenta sua coleção de homenagens que o mundo já lhe rendeu, genuflexo e embasbacado com tanta sabedoria e competência:

  • Prêmio Não-sei-o-que da OMF (acima)
  • Prêmio Destaque do Ano de 2002 da Fundação Karloff
  • Medalha de Honra ao Mérito da Associação dos Acionistas da Telefônica
  • Prêmio Alstrom
  • Troféu Microsoft de Incentivo ao Software Livre
  • Ordem da Sanfona do Fã-Clube de Dominguinhos, subsede Petrolina, no grau de comendador
  • Troféu Black and Decker
  • Troféu Imprensa, categoria animador de fila
  • Prêmio Engenheiro da Década, da Associação Mundial de Engenharia
  • Concurso  “O Ministro da Saúde Mais Bonito”, em 2001
  • Ordem do Mérito Bananeiro
  • Prêmio Economista do Milênio, da Ordem dos Economistas da Lapa
  • Grammy Latino, categoria Cantor de Forró

A decisão de receber o merecido prêmio gerou certa agitação nos bastidores do círculo de ordenanças do Líder Luminoso do Desenvolvimento Nacional. Ao tomar conhecimento da nova homenagem ao Mais Preparado dos Economistas Brasileiros, seu jornalista de estimação desde a infância, Reinaldinho Cabeção, ofereceu-se para providenciar as loas à nova conquista do Presidente de Nascença. Mas sua assessora Miriam Cochonne disse que ela é quem vai fazer a matéria comemorativa principal,  por ser a maior especialista no tema.

Fontes que pediram sigilo revelaram que a entrega do prêmio deverá ocorrer quando da divulgação dos resultados do crescimento PIB do quarto trimestre de 2009, ocasião em que Serra poderá provar sua superioridade insubstituível no campo da economia e provar que é o responsável pela retomada da economia brasileira.

Comentário da Tia Carmela: Esse Zezinho, sempre gostou de uma homenagem! Eu já contei a história das medalhinhas de São Vito que ele arrumou uma vez porque ficou com ciúme do menino que ficou em primeiro lugar nas notas na escola e ganhou uma medalha, né?  Naquela vez, o Reinaldinho Cabeção ficou muito triste porque o Serra mandou o Pedrinho, filho da dona Tereza, fazer a entrega da medalha. Queria que fosse ele…


Serra, Prêmio Nobel da Paz

11/07/2009

Um  cidadão amante da paz e dos direitos humanos resolveu lançar a candidatura do Inigualável Defensor de São Paulo ao Prêmio Nobel da Paz. Agora sim, Serra terá um prêmio internacional mais importante que o do Lula! Veja a petição e os argumentos dos subscritores. É tão comovedor que não há como não assinar…

Comentário da Tia Carmela: O Zezinho nunca foi muito de paz. Brigava na rua todo dia e quando apanhava chamava os amigos grandões dele que moravam na rua de cima para bater no menino que tinha surrado ele… Só por isso já não dava. Agora, depois do tanto que ele mandou bater nos professores da USP, nem com o apoio do Lula ele ganha esse prêmio…