Pres. Zezinho luta contra doença misteriosa

01/05/2010

A estranha doença altera a plumagem de alguns animais.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro presidente Zezinho, mobilizou todo o seu talento como gestor para enfrentar uma terrível e misteriosa doença que vem afetando milhões de brasileiros: a dilmasia.

Trata-se, ao que parece, de uma doença do trato gastrointestinal, visto que sua ocorrência parece estar associada ao alto consumo de pão-de-queijo, tutu de feijão e carne de porco. Reforça esta hipótese o fato de que os cientistas constataram a ocorrência da doença circunscrita ao estado de Minas Gerais.

Inicialmente,  por mecanismos ainda desconhecidos, a doença atingiu prefeitos do estado de MG, mas agora espalhou-se e afeta indistintamente quase todos os grupos sociais do estado.

Seleção natural: cientistas suspeitam que os tucanos de cor amarelo e azul têm dificuldades para sair do chão.

Outra preocupação é que a doença vem se expandindo também entre os animais irracionais. Aves da família dos Ramphastideos em todo o Estado tem mostrado sintomas da doença, que os faz iniciar uma estranha migração em direção ao norte. Muitos ramphastídeos mineiros têm se afastado da divisa com São Paulo. Outros têm deixado as montanhas e migrado  para áreas mais baixas, em um movimento serra abaixo.

Amparado na sua experiência como o Maior Ministro da Saúde de Todos os Tempos, o Presidente de Nascença certamente irá solucionar o problema, segundo seu assessor para assuntos laudatórios, Ricardo Bolat.

A distribuição de sal-de-fruta não foi eficaz contra a dilmasia em Minas Gerais.

O Mais Importante dos Líderes da Mooca já tomou providências. Determinou inicialmente a distribuição de sal-de-fruta aos correligionários mineiros, mas a ação foi infrutífera e contraproducente:  aumentou o número de casos de dilmasia em Minas Gerais.

Numa nova tentativa, ordenou a sua equipe de propaganda na internet, composta por Gregório de Matos e pelo filho de Gepeto, que crie um blogue na internet para falar que a doença poderá acabar com a camada de ozônio, fazer o Brasil perder a copa do mundo e levar os ramphastídeos à extinção.  A equipe recusou-se a publicar esta última parte, por estar fora do objeto do seu trabalho publicar notícias deste teor.

Por hora, no entanto, a doença misteriosa segue crescendo. Variações da doença aparecem no Nordeste, atingindo vários candidatos a deputado da UDN, e em São Paulo, onde parece ter grande impacto sobre sindicalistas.

Comentário da tia Carmela

Esse negócio de azia, não é novidade. O Zezinho desde criança se queixava de sentir azia. Sempre que acontecia alguma coisa que ele não gostava, ou ele estava prestes a levar um castigo, ele punha a mão na barriga, fazia uma cara de sofrimento e dizia: “estou com uma azia terrível”.  E a mãe dele se preocupava e esquecia do castigo. Ele sempre levava sal de fruta Eno com ele para a escola. Às vezes ele punha no copo de água da professora, quando ela se distraía. Mas isso é outra história…

Anúncios

Gov. Zezinho faz penitência na 4a. de Cinzas

17/02/2010

Depois de passar um carnaval agitadíssimo e mundano, O Mais Preparado dos Brasileiros, o governador Zezinho, despediu-se do Carnaval e iniciou a Quaresma em regime de penitência.

O Grande Exemplo Moral da Nação confessou-se nesta madrugada, via Twitter, com seu confessor, o Padre Antonio Maria.

Mesmo cansado, o bom sacerdote iniciou novena em intenção da beatificação do gov. Zezinho

Na confissão, o Presidente de Nascença enumerou todos os seus desvios carnavalescos, revelando que cedeu às tentações carnais no tempo do Entrudo.

De fato, nos últimos tempos o governador Zezinho tem sido tentado seguidas vezes pelos mais cruéis dos demônios. Seu périplo carnavalesco iniciou-se na sexta-feira quando, fantasiado de papai noel, distribuiu cheques a eleitores. O Mais Genial dos Filhos da Mooca deixou o evento usando uma peruca loira e logo seu Carnaval descambou para a perdição.

Em Salvador, além de circular pelo circuito Barra-Ondina acompanhado de um efebo,  foi levado a ingerir substâncias proibidas, ao encantar-se por uma bela cantora baiana. Atendendo a um pedido cheio de volúpia da artista, ingeriu cerca de dois litros de um preparado contendo batida de amendoim, duas caracus, uma dúzia de ovos de codorna com casca e tudo, uma dúzia de ostras também com casca e tudo, extrato de catuaba, ginseng, guaraná em pó, erva de santa bárbara e umas bolinhas azuis. Por cima, tomou duas cuias de sopa de piranha. A energia conferida pela demoníaca mistura destinou-se a lascivos usos.

Salvador: O governador Zezinho, acompanhado por um efebo baiano (dir.), flerta com uma artista local

No Recife, o  Mais Casto dos Brasileiros deixou de dar atenção à multidão que gritava seu nome alucinadamente para dedicar-se a atividades luxuriosas. Aproveitando-se de toda a sua popularidade na terra de seus correligionários Mendonça Filho e Marco Maciel, o Mais Iluminado dos Políticos dedicou-se a  bolinar senhoras que compareceram às festividades, dizendo-lhes constrangedores gracejos ao ouvido, como mostra o filme abaixo:

Fontes do palácio dos Bandeirantes informaram que essas estrepolias são apenas pequena parte do ocorrido: “ninguém fotografou o que ele fez de peruca loira“, comentou, com sorriso maroto, um assessor que pediu sigilo.

Em nota oficial, o assessor para assuntos inglórios do Mais Competente dos Brasileiros, o ex-pernambucano Bob Freire, negou que o AeroFolia, nome do  jatinho oficial do governo paulista adquirido pelo governador Zezinho, tenha sido palco de atos libidinosos, em seu périplo carnavalesco:

“Comunicado oficial – São falsos os boatos de que o jatinho oficial do governo do estado tenha sido usado, neste Carnaval, para práticas contrárias ao pudor e à decência tão amadas pelo povo paulista e seu Inigualável Condutor.  O governador Zezinho apenas utilizou o avião do governo para atividades de interesse público dos cidadãos do estado, dentro dos marcos de sua espartana e quase ascética conduta moral.”

Entretanto, o twitter @govzezinho traz indícios que de fato algo estranho ocorreu na Suprema Aeronave Bandeirante…

Mas ainda há esperanças. Apesar da força das tentações destes 4 dias, o Futuro Beato também deu mostras de auto-controle e temperança no Carnaval. Com firmeza de caráter, conseguiu esquivar-se de alguns dos chamados conscupicentes da carne,  que é fraca mesmo para os mais puros. Desistiu de assistir o desfile das escolas de samba do RJ para não reencontrar-se com a cantora Madonna, evitando que novamente pintasse um clima entre a cantora e o gênio.  Também conseguiu, com isso, preservar-se do pecado da soberba, ao evitar encontrar-se com sua oponente na eleição presidencial, quando poderia ser tentado a humilhá-la com sua superioridade natural.

Segundo seu confessor,  o ocorrido não foi grave. Otimista, acrescentou que, ao conscientemente esquivar-se da tentação, o Mais Piedoso dos Brasileiros fez sua escolha pelo lado do Bem, da Pureza, da Moral e da Decência.  Ele disse que o ocorrido no Carnaval não prejudicará em nada o andamento do processo de beatificação in vita do Baluarte da Moral Brasileira.

O confessor alegou sigilo de confessionário para não revelar o teor dos atos do governador Zezinho no Carnaval. Mas  divulgou a penitência que ele deverá cumprir. Criativo, o confessor passou-lhe uma penitência branda, mas que o fará pensar sobre o carnaval e sobre seu comportamento. “É para isso que serve a penitência. Para que pensemos no que fizemos. Não é um castigo”, ensinou o reverendo sacerdote.  A penitência será rezar 200 avemarias e 400 padrenossos, e depois ouvir durante quatro horas a marchinha abaixo:

Depois de cumprir a penitência, o Mais Preparado dos Brasileiros deverá assistir a missa de Cinzas na capela da Caverna do Ostracismo, residência oficial do ex-pensador FHC, reconvertido por ele ao caminho da Fé.

Comentário da tia Carmela

O Zezinho gostava de carnaval, quando era criança. Ficava no alto do muro da casa do Guerino, filho do seu Nicola, ele e aquela cambada de moleques que andava com ele, com aquelas garrafinhas de plástico para jogar água em quem passava na rua. Uma vez jogaram no padre Giuseppe, que tinha ido visitar a prima lá perto. O padre saiu correndo atrás da molecada, xingando em italiano. Quando pegou eles, fez todo mundo se confessar e passou uma penitência de rezar 100 padrenossos ajoelhados no milho… Quando ficou moço e começou a andar com aqueles estudantes metidos em política, o Zezinho deixou de gostar de Carnaval. Só andava com cara de sério, com um livro embaixo do braço.


Nova obra de Serra, a transposição do rio Tietê

22/10/2009

Enciumado com a repercussão da visita do usurpador da presidência da república às obras de transposição do rio S. Francisco, o Mais Preparado dos Gênios Nacionais, o governador Zezinho, resolveu anunciar uma obra mais espetacular, que mudará a geografia da cidade de S. Paulo e, por consequência, de todo o Brasil: a transposição do Rio Tietê.

População do Alto de Pinheiros comemora: agora não faltará mais água.

População do Alto de Pinheiros organizou festa para comemorar: agora não faltará mais água.

Em reunião ministerial de seu secretariado, o Mais Economista dos Economistas anunciou sua sapientíssima decisão.  Após cinco minutos de aplauso, um momento de estupefação: um de seus assessores informou que essa obra já havia sido realizada há mais de 80 anos. O Mais Preparado dos Filhos da Terra reagiu, revoltado:
– Como assim? Você está louco? Eu acabo de ter esta idéia! E só eu poderia tê-la!!!
– Mas, ó Grande Governador deste Estado-Locomotiva, uma transposição do Tietê foi realmente feita pela Light,nos anos 20. Funciona assim: o curso do rio pinheiros, afluente do Tietê, foi canalizado e é invertido por usinas elevatórias. Com isso, muda de sentido e as águas do rio tietê são bombeadas através dele até as represas de Guarapiranga e Billings. De lá, elas caem serra abaixo até a usina Henry Border, em Cubatão.
– Que negócio é esse de serra abaixo? Você está fazendo piada comigo? Fora daqui!
– Mas… governador…
– Fora! Está demitido!

Apesar  do constrangimento, o Governador Luminar deu ordem para que se iniciassem os trabalhos pela parte mais importante, ou seja, a propaganda. Imediatamente os assessores de comunicação do Engenheiro-Economista-Sábio mobilizaram-se.

Segundo nota da assessora de imprensa do Presidente de Nascença, sra. Miriam Cochonne, divulgada em seu programa na Rádio CBN, a nova obra significará a mudança de paradigma do saneamento, da política ambiental, da política educacional, do transporte, do desenvolvimento econômico e da cultura nacional.  Ainda segundo a sra. Cochonne, a transposição do Rio Tietê, integrada à ampliação das avenidas marginais do rio, exigirá obras de engenharia de enorme envergadura e complexidade, e que apenas serão possíveis graças à enorme capacidade técnica e gerencial do Grande Engenheiro da Nação que governa o Estado.

Os complexos projetos da obra vazaram para a imprensa e são apresentados abaixo.

Os projetos da obra que vazaram para a imprensa:as linhas vermelhas e amarelas mostram a localização dos novos canais

No mapa acima, pode-se ver a rede de canais que será construída para transpor as águas do Rio Tietê para vários locais da cidade onde há falta d’água devido às dificuldades orçamentárias da SABESP. A companhia de saneamento paulista enfrenta escassez de recursos para investimentos, por conta de sua publicidade no Acre, essencial para o desempenho de sua missão.

A transposição do Tietê beneficiará o Nordeste

A transposição do Tietê beneficiará o Nordeste

Mas o principal benefício da obra é o fato de que a água do Tietê servirá também ao Nordeste do Brasil, mostrando o amor e a generosidade do povo paulista para os nordestinos, como se pode ver no projeto ao que vazou para a imprensa, preparado pela assessoria cartográfica da Secretaria de Educação do Governo de São Paulo.

Na cerimônia de anúncio da obra, transmitida em rede nacional, ao lado de seu assessor para assuntos nordestinos, o sr. Dominguinhos, o Macro-Governador demonstrou todo o seu conhecimento e apreço pela Região Nordeste. Apresentou no mapa os canais pelas quais as águas Tietê seguirão até os estados da região para matar a sede dos famélicos nordestinos. Com isso, o Hiper-Governador pretende fazer com que os nordestinos possam ficar em confortável ociosidade em seus estados de origem, evitando que venham para São Paulo poluir a água do chafariz do Anhangabaú e abaixar a qualidade da educação do Estado.

Em uma singela homenagem ao falecido governador Mário Covas, o Ultra-Governador anunciou que a obra será denominada Complexo de Canais Transpositórios Mário Covas. Também as estações de bombeamento de água, no total de 171, serão chamadas Estação de Bombeamento Mário Covas 1, 2, 3 e assim por diante. Presente na homenagem, o filho do falecido governador, Zuzinha, comoveu-se com o anúncio e ao saber que os canais serão navegáveis e pedagiados. Abraçado ao emocionado filho de Covas, o senador Tasso imediatamente sacou de seu celular e iniciou negociações para a exploração das obras.

A nota desagradável do lançamento foi o amuamento do assessor de imprensa do Multi-Governador, o famoso jornalista Reinaldinho Cabeção. Consta que o famoso colunista magoou-se pelo fato da primazia do anúncio ter cabido à sra. Miriam Cochonne, por razões ignoradas. Mas, após um  gesto do governador ordenando-lhe que lhe servisse um café, o sorriso voltou ao rosto do prócer do jornalismo pátrio.

Comentário da Tia Carmela: O Zezinho sempre gostou de brincadeira com água. Uma vez, quando ele era criança lá na Móoca, ele foi com os meninos jogar bola em um campinho que tinha perto do córrego Cassandoca, que ainda não tinha sido canalizado. Quando eles passaram por cima de uma pinguela sobre o córrego, que já era sujo porque jogavam esgoto nele, o Zezinho deu um empurrão no Raimundinho, filho do seu Severino, que era um pedreiro pernambucano que morava lá perto. O Raimundinho caiu naquela água suja e o Zezinho e os amiguinhos dele ficaram rindo e dizendo: agora não falta mais água pra vocês…


Serra é chegado em um rabo de palha…

28/09/2009
180px-DCaetano

Um dos viúvos de ACM aplaude o discurso do Zezinho: eles são tão modernos e cosmopolitas!

O Mais Preparado dos Brasileiros, o Presidente de Nascença José Serra,  gravou um depoimento em vídeo elogiando o seu amiguinho Senador José Agripino Maia (ARENA-RN), ex-prefeito biônico de Natal, indicado pela ditadura militar. No depoimento, o Homem de Bom de São Paulo tece  elogios arreganhados ao politico potiguar.

O Coronel Agripino é famoso por sua permanente cobrança de postura ética do governo e também por ser protagonista dos escândalos Rabo de Palha (fraude eleitoral) e Ganhe Já (fraude contra contribuintes em RN).

No depoimento, o governador-maquinista destaca a simpatia, o charme, a malemolência e o algo mais do sinhozinho potiguar, que é um dos cotados para ser seu vice na derrota eleitoral de 2010.

A produção do vídeo revestiu-se de simbolismos.  Teve a direção de um ex-cineasta que contorna o desemprego fazendo um bico de copeiro na televisão, para demonstrar que o Prócer da Saúde Pública e o Coronel Agripino serão generosos em oportunidades aos amigos que precisarem.  A iluminação da cena usou detalhes amarelados, remetendo à cor da palha, em alusão a um dos grandes feitos do eminente arenista potiguar. Foi gravado na Bahia, tendo como assistente de direção um dos viúvos do falecido Coronel ACM, que soltava gritinhos e aplaudia a modernidade do Presidente por Direito Divino, comentando: “ele é incapaz de passar um sinal vermelho e de falar ‘menas'”.  Quanto ao Coronel Agripino, o viuvinho de ACM também era só elogios: “ele não é um analfabeto como Lula”.

Comentário da Tia Carmela: O Zezinho sempre gostou de coronel. Quando ele era criança, lá na Móoca,  no Grupo Escolar onde ele estudava  tinha um menino que não lembro o nome, que era filho de coronel. Ninguém gostava muito do menino, então o Zezinho nunca falava com ele na escola. Mas às vezes ia escondido no domingo na casa do menino para brincar com ele. Mas o que ele queria mesmo era ficar agradando o Coronel, pai do menino, pra ganhar uns chocolates estrangeiros que ele arrumava e todo mundo cobiçava.


Além do RS, Dilma já passou Serra em mais 2 estados

28/08/2009

Vítima da incompreensão da gentalha ignorante que não compreende sua grandeza intelectual e moral, O Mais Preparado de Todos os Brasileiros, José Serra, além de não conseguir aumentar sua votação e a de seu partido nas últimas eleições, agora vai sendo ultrapassado por Dilma Roussef. Agora foi a vez da Bahia e Pernambuco.  Também já perde para Ciro Gomes no Rio de Janeiro.

Mais um motivo para o leitor responder nossa pesquisa: o que Serra deve fazer depois de perder a eleição de 2010?

Veja a nota abaixo, extraída do blog do Noblat: Aécio usa pesquisa para abrir caminho

De Ilimar Franco:

Por iniciativa do governador Aécio Neves (MG), circula entre os dirigentes tucanos pesquisa Vox Populi. Os números são inquietantes. O governador José Serra (SP) lidera a disputa para presidente, mas já está atrás da ministra Dilma Rousseff na Bahia (32% x 22%) e em Pernambuco (32% x 24%). Está atrás do de$Ciro Gomes (PSB-CE) no Rio de Janeiro (19% x 16%). Tem vantagem sobre Dilma em Minas Gerais (33% x 18%) e em São Paulo (40% x 17%). Já Aécio lidera em Minas contra Dilma (68% x 10%) e tem leve desvantagem em São Paulo (18% x 14%). Foram ouvidas duas mil pessoas de 31 de julho a 4 de agosto.

Comentário da Tia Carmela: Quem fez essa pesquisa vai acabar mandado embora da firma.  Quando era criança, lá na Móoca, o Zezinho uma vez foi pedir pra diretora da escola mandar embora a professora de matemática, porque deu nota vermelha pra ele…


Anistia Internacional denuncia Polícia comandada por Serra

28/08/2009

Em seu afã por reconhecimento internacional, o Iluminado Homem Que Governa São Paulo conseguiu mais um tento. Agora  entrou para a lista de denunciados pela Anistia Internacional, em companhia de seu fiel escudeiro, o ex-secretário de planejamento de Celso Pitta e atual prefeito, Gilberto Kassab.O motivo da denuncia é a ação de expulsão de sem-teto de um terrreno no Capão Redondo, periferia de SP, pela polícia. A expulsão dos ocupantes do terreno, famílias muito pobres e em geral de origem nordestina, foi brutal e seguiu a mesma prática adotada contra os estudantes e funcionários da USP: violência e bombas de gás lançadas sobre pessoas desarmadas. É a prática de lidar com a questão social do governo do Mais Preparado dos Brasileiros, como já se sabe. E, agora, motivo de orgulho para todos os paulistas!

Veja a denúnica no site da Anistia Internacional e comentários de Paulo Henrique Amorim.

O reconhecimento internacional gerado por essa  nova vitória das forças policiais de Serra contra inimigos indefesos soma-se a outro grande feito recente: a premiação fajutamente atribuída à ONU, mas de fato promovida por uma acusada de desviar recursos da construção de  maternidades.


Comentário da Tia Carmela: O Zezinho nunca gostou muito de gente que mora na rua. Lá na Móoca, antigamente, tinha um moço bonzinho, que todo mundo chamava de Baianinho mas que era, na verdade, de Pernambuco. Ele era muito pobre e não tinha casa. Quando ficava sem trabalho e não tinha mais como pagar a vaga na pensão,  às vezes dormia de favor na oficina do seu Firmino, às vezes dormia na rua. Um tempo ele estava dormindo toda noite embaixo de uma marquise de uma loja desocupada. E o menino Zezinho foi falar com o vigia noturno para tirar ele de lá, porque estava enfeiando a rua. Levou uma bronca danada da mãe dele, que era uma pessoa muito correta… A finada dona Serafina ralhou com ele dizendo: “Onde já se viu tratar mal as pessoas só porque elas são pobres!”… Mas a partir desses dia ele sempre tratava mal o coitado do Baianinho, que não fazia mal a ninguém…


O Gov. Zezinho e os Nordestinos

02/08/2009

Por ser o Governador Totalmente Perfeito de São Paulo, o Mais Preparado dos Brasileiros, o governador Zezinho já resolveu todos os problemas do estado e não tem muito o que fazer.  Generoso, aproveita o tempo visitando outros estados da federação que não tiveram a felicidade de tê-lo como filho da terra, para levar-lhes uma oportunidade de contemplar sua sabedoria.

Assim, o Presidente de Nascença visitou neste fim-de-semana a Região Nordeste.   Demonstrando seu compromisso com a Região, declarou que condecorou a família do cantor de Luiz Gonzaga. Realmente, um ato de enorme importância para o desenvolvimento do Nordeste e para a qualidade de vida dos nordestinos que moram em SP.

Veja cobertura detalhada no blog do Gilvan Freitas.

Comentário da Tia Carmela: Quando era criança, lá na Mooca, o Zezinho tinha dois amigos nordestinos: o Raimundinho e o Toninho.  Eles eram menores que o Zezinho e viviam levando uns cascudos dele. Uma vez o Zezinho deu uma bala Juquinha pra cada um na frente da professora de catecismo. A professora então elogiou o Zezinho para toda a classe. Na saída, quando os meninhos foram chupar as balas, o Zezinho tomou as duas balas deles, deu uns cascudos nos meninos e saiu correndo…