Pres. Zezinho vai resolver a falta de mucamas

08/02/2011

O prof. Hariovaldo de Almeida Prado disse que não vai oferecer suas mucamas Ritinha e Samantha Hauser para o mutirão, porque esse negócio de dividir é coisa de comunista.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, mesmo não tendo ainda assumido o lugar que é seu de direito, sabe que não pode esperar para resolver os mais graves problemas do país.

Por isso, o Presidente de Nascença decidiu atacar agora uma das grandes prioridades nacionais: a escassez de mucamas.

O Maior dos Filhos da Mooca ficou muito sensibilizado ao ler reportagem do Jornal Mais Vendido do Brasil, apontando a dificuldade que as pessoas bonitas de Higienópolis  têm enfrentado para encontrar mucamas a preço justo.

Estado eficiente: Os eleitores e eleitoras da UDN exigem o fim da burocracia.

Chegou a chorar com a triste história da executiva que não tinha mais empregada 24 hs por dia. Comoveu-se profundamente com  o caso das senhoras obrigadas a pagar horas extras às suas mucamas por trabalho no fim-de-semana.

Muito condoído, o pres. Zezinho ligou para a sra. Miriam Cochonne, importante jornalista econômica,  para protestar contra os astronômicos  salários exigidos pelas ingratas mucamas.

Apesar de não ter sido perguntado, disse que defendeu aumento do salário mínimo na campanha eleitoral, mas não queria aumentar o salário já alto das mucamas, que compromete todo o orçamento familiar de seus eleitores da Vila Madalena.

O ex-sábio FHC é chegado numa mucama desde pequenino.

Na mesma entrevista, o Mais Competente dos Gestores, além de mostrar que compreende os maiores problemas da nação, também fez uma precisa avaliação do governo natimorto da usurpadora-mirim do planalto. Demonstrou que a crise das mucamas é  culpa da incompetência da chavez de saias, que ainda não fez a tão necessária reforma trabalhista porque só se preocupa com acabar com a miséria no país.

Sensibilizado, o Almirante Tietê resolveu iniciar um grande mutirão nacional para que as mulheres modernas de Pinheiros que necessitam de mucamas 24/7 possam selecionar mucamas dedicadas,  obedientes e honestas: o Mutirão das Mucamas.

O Incansável Pai da Pátria Paulista determinou que  a srta. Francine De L’Herbe deveria coordenar o Mutirão das Mucamas. Infelizmente, a  importante líder fumo-herbáreo-nudista do  bairro da Lapa declinou a honraria, pois agora dedica-se ao bordado e à confecção de  panos de prato.

ORGULHO E FINESSE: A sra. Danilza mandou um cartão agradecendo, mas disse que não estava precisando da boquinha que o pres. Zezinho ofereceu.

Um pouco contrariado com a atitude inesperada da srta. Francine De L’Herbe, o pres. Zezinho convidou então sua grande amiga Danilza Leão, que não aceitou porque estava ocupada colocando cadeados na geladeira  e numerando os rolos de papel higiênico de seu apartamento.

Já sem muitas alternativas, entregou a grande responsabilidade ao ex-pensador FHC, notório especialista em mucamas. Após telefonar para Bill Clinton pedindo permissão, o ex-sabetudo aceitou o convite. Segundo fontes da Caverna do Ostracismo, fundos, o ex-intelectual pediu a seu cozinheiro Caetano para arrumar bem o sofá da sala, para que ele pudesse fazer as entrevistas de seleção com as candidatas a mucama.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: A festa junina da UDN paulista foi cancelada porque os coitadinhos desmaiaram ao saber quanto ia custar a babá.

O Zezinho sempre gostou desse negócio de mucama. Quando estava na escola e estudou a escravidão, ele ficou muito impressionado com as mucamas. Dizia que queria ter uma mucama também, para servir ele dia e noite. Então, ele resolveu brincar de mucama. Amarrou uns panos brancos no Reinaldinho Cabeção e disse pro moleque: “eu vou ser o senhor do engenho e você vai ser a mucama”. Então o Zezinho ficou a tarde toda sentado em uma cadeira de balanço da tia dele, enquanto o Reinaldinho Cabeção, com aqueles panos brancos amarrados no corpo e na cabeça, ficava abanando o Zezinho com um leque, porque estava calor. De vez em quando, o Zezinho dizia para o Reinaldinho Cabeção: “mucama, vai buscar um copo de água gelada pra mim”. O Reinaldinho Cabeção saía correndo pra trazer logo a água pro Zezinho, mas aí o Zezinho dizia: “beba você, que minha sede já passou porque você demorou, mucama preguiçosa”. E o Reinaldinho Cabeção bebia. Depois de uns dez copos, o Reinaldinho Cabeção pediu para ir fazer xixi, mas o Zezinho disse que não, que a mucama tinha que ficar à disposição o tempo todo. O Reinaldinho Cabeção obedeceu, mas depois de uns minutos não conseguiu mais segurar e fez xixi nas calças.No dia seguinte, de manhã, o Zezinho contou para toda a molecada que o Reinaldinho Cabeção tinha feito xixi nas calças. Toda a molecada riu do Reinaldinho Cabeção, que saiu correndo chorando. De tarde, ele foi procurar o Zezinho na casa dele e falou: “Zezinho, vamos brincar de mucama de novo?”


Pres. Zezinho lidera UDN no socorro ao Faraó

31/01/2011

SOLIDARIEDADE ORGANICA: O faraó ligou para o pres. Zezinho pedindo ajuda.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, é reconhecido em todo o planeta como um estadista generoso e pacifista.

Por isso, em um momento de adversidade, o Faraó do Egito pediu socorro ao Presidente de Nascença para controlar distúrbios promovidos por um bando de baderneiros treinados pelo MST e APEOESP.

Solidário com seu amigo Faraó, o Maior dos Filhos da Mooca decidiu emprestar sua expertise em resolver conflitos de forma negociada e pacífica.

Em um gesto de solidariedade, convocou seus seguidores para socorrer o mandatário egípcio.

GRATIDAO: Na juventude, o pres. Zezinho costumava ir pedir conselhos ao Faraó, e agora quer retribuir.

Sempre inimigos da baderna, os próceres da UDN paulista ofereceram o que tem de melhor. O muy amigo do pres. Zezinho, sr. Geraldinho do Vale, colocou à disposição do Maior dos Brasileiros a polícia paulista, sempre exemplar no trato pacífico de manifestações populares e protestos sem razão.

O resultado da iniciativa foi a constituição de uma força expedicionária pacifista da UDN, destinada a ajudar o Faraó a superar as pragas que têm afligido seu democrático país. Sob o comando firme porém manso e compreensivo do pres. Zezinho, a força deverá, em questão de dias, acabar com a crise usando os delicados métodos de persuasão que consagraram o pres. Zezinho como grande pacifista, durante sua passagem pelo governo paulista.

Corrente do bem

PREPARO: O pres. Zezinho treinou a polícia paulista para tratar os manifestantes com cortesia e respeito aos direitos humanos.

Logo o exemplo do pres. Zezinho estendeu-se para todo o Brasil. Sempre irmandada com a sessão paulista, a UDN de Minas Gerais somou-se à iniciativa. O Faraó das Alterosas manifestou sua mais profunda solidariedade a seu colega do Cairo.

Preocupado com o futuro de seu homólogo filho de Amon, o sr. Tancredo Neves já lhe ofereceu asilo em sua pirâmide administrativa, caso ele tenha que deixar as margens do Nilo.

Do Retiro do Udenista (sito à Caverna do Ostracismo, fundos), veio mais uma onda de solidariedade ao Faraó e de apoio à iniciativa do pres. Zezinho. Importantes lideranças múmio-udenistas devem juntar-se à força expedicionária.

ARQUEOLOGIA: Militares brasileiros salvaram uma serpente mumificada durante o saque do Museu Egípcio. A serpente foi encaminhada à Caverna do Ostracismo.

Outros ofereceram apoio moral, como o ex-pensador FHC, que escreveu um pomposo editorial para um importante jornal falido paulista, no qual demonstra que a culpa pela crise egípcia é do ex-usurpador do planalto: “durante meu governo, o Egito vivia em paz e prosperidade sob o comando do Faraó; Lula não fez nada para assegurar essa continuidade porque deixou-se seduzir pelo subperonismo atrasado e porque é contra a democracia e a liberdade de imprensa”, diz o texto.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: Geraldinho do Vale chamou uns amigos esquisitos para organizar uma festa junina beneficente para ajudar o Faraó.

O Zezinho sempre gostou de brincar de faraó. Quando era moleque, na Mooca, ele uma vez fez o Reinaldinho Cabeção pegar umas caixas de madeira e papelão e montar uma pirâmide. Aí o Zezinho pegou uns panos listrados, enrolou na cabeça e disse que era o faraó. Aí o Reinaldinho Cabeção perguntou: “e eu, Zezinho, posso brincar também? Eu posso ser o escravo do faraó…” Mas o Zezinho disse que não e que o Reinaldinho Cabeção ia ser a múmia. Então o Zezinho pegou um rolo de esparadrapo da caixa de primeiros socorros da mãe dele e enrolou o Reinaldinho Cabeção inteirinho, dos pés à cabeça. O Reinaldinho Cabeção nem conseguia se mexer direito, e começou a chorar, pedindo para soltar ele, mas o Zezinho só gargalhava…


Geraldinho do Vale promete continuar Programa de Esportes Pluviais

13/01/2011

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, reuniu-se hoje com seu mui amigo Geraldinho do Vale, para tratar da continuidade das maravilhosas ações de seu iluminado governo na nova gestão.

Muito religioso, Geraldinho do Vale ouviu dona Lu e convidou Moisés e seu cajado abençoado para dar a largada na principal prova automobilística da competição.

Geraldinho do Vale prometeu continuar os maravilhosos feitos do Presidente de Nascença, entre eles o mundialmente reconhecido Programa de Esportes Pluviais.

Esse programa, lançado em 2009, sob o slogan Enchente não é problema, é solução!, aproveita a inesperada ocorrência de chuvas, que nunca caem nesta época do ano, para combinar esporte, saúde e economia de recursos. Ao invés de gastar dinheiro com combate a enchentes, os governos estadual e municipal utilizam as enchentes como palco de uma grande virada esportiva.

A promessa de Geraldinho do Vale teve como avalista o pitta de estimação do pres. Zezinho, sr. Gilbertinho K., e recebeu uma maravilhosa acolhida na mídia, que louvou o espírito abnegado do sucessor do Maior dos Governadores Paulistas.

QUADRILHA: Por causa da chuva, a UDN fez sua festa junina de início de ano em um salão na Al. Barão de Limeira.

CLIQUE AQUI PARA CONHECER O PROGRAMA DE ESPORTES PLUVIAIS

Comentário da tia Carmela

Acho que pelo menos nessa promessa do Geraldinho do Vale o Zezinho pode acreditar…  Mas é bom se cuidar, senão o Geraldinho do Vale ainda diz que  o Zezinho criou o programa todo errado, e que foi ele quem consertou.


Feliz ano novo: 2011 é o ano do pres. Zezinho!

01/01/2011

Os planos do pres. Zezinho para o ano novo vão salvar o Brasil

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, entrou em 2011 com o pé direito.

Amado pelo povo e idolatrado pelos melhores jornalistas de programa do Brasil, o Presidente de Nascença começa neste ano sua fulgurante trajetória rumo ao lugar que desde sempre é seu, a presidência da república.

Neste ano novo e abençoado por Deus e pelo pastor Malacheia, o Maior dos Ministros do Planejamento do Brasil terá uma intensa programação a cumprir, dando conta de um sofisticado plano estratégico por ele elaborado para dar conta do seu destino manifesto.

O mês de janeiro será dedicado a mostrar ao Brasil as péssimas mãos em que o país foi colocado.

Sua primeira atividade programada é uma entrevista exclusiva para as páginas amarelas e azuis da Revista Mais Vendida do Brasil, ainda no dia primeiro de janeiro.

Nesta entrevista arrasadora, o Maior dos Brasileiros apresentará profundas críticas à festa de posse da usurpadora-mirim do planalto. Criticará a roupa usada por ela, o polimento imperfeito do Rolls-Royce presidencial e a falta de classe do usurpador do planalto ao passar-lhe a faixa. Citando o ex-intelectual FHC, comentará com os entrevistadores de programa a impossibilidade de compreender o discurso de posse e dirá que o discurso que havia preparado é muito melhor.

Em menos de dois meses, a usurpadora-mirim do planalto afundará S. Paulo.

Em fevereiro, o Almirante do Tietê dará entrevistas a todos os órgãos de imprensa mostrando como a inércia da usurpadora-mirim do planalto será a responsável pelas inundações na capital paulista, e apresentará seus planos de transposição do Tietê para acabar com as enchentes.

No mês de março, o Mais Animado dos Foliões mais uma vez mostrará que é bom de gingado no carnaval de várias cidades brasileiras, como já fez em 2010.

A programação ainda não foi divulgada, mas já se sabe que desfilará na escola de samba “Entreguistas da Caverna do Ostracismo”, que neste ano terá como enredo “No Reino Encantado da UDN, o Petróleo é de Obama, o Rei Nagô do Havaí“.

O pres. Zezinho espera que as homenagens a Tancredão encontrem o túmulo com mais gente.

Minas Gerais receberá atenção especial no mês de abril. O pres. Zezinho pretende coordenar as homenagens ao ex-presidente Tancredão em São João del Rei. Se for possível, também pretende fazer homenagens póstumas a outros membros da família.

No mês de maio, o Maior dos Filhos da Mooca pretende dedicar-se à eleição para a presidência da UDN, quando deverá ser eleito seu fiel mascote, o Cachorro-Lagosta.

Em junho, o Mais Cristão dos Filhos da Pátria deverá envolver-se ativamente nas festividades de Corpus Christi em todo o Brasil, fornecendo serragem para os tapetes que forrarão o percurso das procissões. Segundo fontes do Vaticano, o papa deverá aproveitar a importante festividade para proclamar a beatificação do pres. Zezinho.

Como ninguém é de ferro, o Maior dos Economistas tirará férias no mês de julho. Aproveitará o período para fazer um tour pelos EUA, rever velhos amigos e adiantar as negociações do Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual o grande irmão do norte entrará com a primeira parte.

Importantes jornalistas já foram contatados pela assessora de imprensa Francine de L'Herbe, para entrevistar o pres. Zezinho.

De volta ao Brasil em agosto, o Presidente de Nascença fará um giro pelas redações das principais jornais da UDN, quando dará uma série de entrevistas mostrando como o primeiro semestre da usurpadora-mirim do planalto terá sido um desastre completo, e iniciará a campanha pela sua imediata deposição.

No dia sete de setembro, o Líder Máximo da Nacionalidade deverá ter um papel especial em mais uma crise a enfraquecer o governo dilmotemerpetista.  Sob sua inspiração e liderança do seu assessor para assuntos de defesa, sr. Tom Jobim, os militares recusarão desfilar para a usurpadora-mirim do planalto. Preferirão participar das festividades da Semana da Pátria Paulista, que serão patrocinadas pela empresa petroleira Chevron e presididas pelo Almirante do Tietê e seu mui amigo Geraldinho do Vale.

Inspirado pelo pres. Zezinho (direita), Tom Jobim já está ensaiando a banda marcial para 7 de Setembro.

Para o mês de outubro, a liderança serena e agregadora do pres. Zezinho mobilizará as massas e os principais expoentes da política nacional no debate sobre o orçamento de 2012 e o Plano Plurianual (PPA) 2012-2015.  Aa agenda do Gênio da Gestão Pública estará tomada com articulações para inviabilizar as barbaridades pretendidas pela usurpadora-mirim do planalto para os próximos anos.

Nas areias de Trancoso, o pres. Zezinho meditará sobre seu futuro governo.

Novembro será um mês de vitória para o Mais Competente dos Gestores. Após haver vencido no Congresso e impedido que as temerárias propostas do PPA da bruxa escarlate fossem aprovadas, o pres. Zezinho poderá dedicar-se a liderar as novas campanhas da imprensa contra os ministros e auxiliares da ilegítima presidenta.

Quando o Natal chegar, em dezembro, o Incomparável Comandante da Nacionalidade já terá mostrado a todo o Brasil que é o homem talhado em mármore para dirigir o país. A deposição da usurpadora-mirim do planalto, a essa altura, será questão de dias. O pres. Zezinho poderá passar um  Natal feliz em Trancoso, ao lado de seus amigos mais queridos.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN preparou uma bela festa junina de ano novo na Caverna do Ostracismo.

O Zezinho sempre gostou de fazer planos de ano novo. Todo dia primeiro de janeiro ele escrevia uma listinha de coisas que ele queria fazer naquele ano. Ele dividia a lista em várias partes: meninos em quem queria bater, vinganças que queria fazer, artes e reinações a fazer. Tinha também uma lista especial: as maldades que ia fazer contra o Reinaldinho Cabeção. Uma vez, o Reinaldinho foi na casa do Zezinho, no dia primeiro, e viu a lista de maldades contra ele mesmo. Aí falou para o Zezinho: “puxa, Zezinho, você não devia ter deixado eu ver essa lista; assim, estraga a surpresa…”


Obama: o petróleo é nosso, e o Zezinho também.

14/12/2010

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, foi novamente vitimado pelas ações do Wikileaks.

Conforme já havíamos noticiado, a participação do Presidente de Nascença na negociação do Acordo CARACU EUA-Brasil é citada em várias mensagens da diplomacia dos EUA, que foram levadas pela enxurrada moral do vazamento. O vazamento é tão grande que a casa do pres. Zezinho, que já  estava ameaçada, corre risco de cair.

Obama elogiou o pres. Zezinho em seu discurso.

A mensagem mais polêmica transcreve uma conversa do presidente Barack Obama com sua chapa Hillary Clinton. Em uma reunião sobre os interesses dos EUA no Brasil, o  grande líder pacifista mundial comentou: “o petróleo é nosso, e o Zezinho também”.

Wikileaks vazou também  uma informação sobre uma discreta reunião do Maior dos Economistas com a representante de uma empresa petrolífera do grande irmão do norte. O convescote privado fez parte da longa série de negociações para o Acordo CARACU EUA-Brasil, no qual os EUA entrarão com a primeira parte.

A ciclonudista Soninha Copélia é de uma linha mais natureba, mas também trabalha com entregas.

Pelo diálogo, pode-se ver a serenidade do grande estadista. Ele recomenda calma a sua aliada, dizendo que, quando assumisse o lugar que é seu por direito divino, mudaria as regras de exploração do petróleo do pré-sal para facilitar os negócios das irmãs do ouro negro: “Deixa esses caras (do PT) fazerem o que eles quiserem. As rodadas de licitações não vão acontecer, e aí nós vamos mostrar a todos que o modelo antigo funcionava… E nós mudaremos de volta”

Tiro pela culatra

O interesse do Wikileaks era desestabilizar a  liderança inconteste do Maior dos Patriotas no cenário brasileiro e mundial.

Mas o feitiço virou contra o feiticeiro. Wikileaks  só conseguiu que o Maior dos Filhos da Mooca fosse mais admirado ainda. Agora, o mundo conhece melhor os grandes esforços do pres. Zezinho para fazer com que as grandes companhias de petróleo dos EUA explorem o pré-sal em lugar da obsoleta, incompetente e anti-brasileira Petrobrás.

O pres. Zezinho planeja, ao dar uma mão a  essas que são as mais  éticas e ambientalmente responsáveis empresas do mundo, fazer com que nossa Pátria entre em um novo período de paz, progresso, prosperidade e justiça social, como em outros países onde essas benévolas companhias operam.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN organizou uma bela festa junina em Miami para comemorar a elogiosa referência do pres. Obama ao pres. Zezinho.

Quando era menino, às vezes o Zezinho ia ajudar o pai no Mercadão. Ele não gostava muito de ficar na banca. O que ele gostava mesmo era de ir fazer entregas. Ele sempre pedia pro seu Francesco: “pai, não tem nenhuma entrega para eu fazer?”. Quando tinha alguma coisa para ele entregar, precisa ver como ele saía todo feliz. Na maioria das vezes, as entregas eram muito grandes para ele carregar, mas ele fazia questão de ir com o empregado da banca, só para sentir o gostinho de entregar. E quando tinha entrega nas Lojas Americanas, na Rua Direita, então? Ele ia todo serelepe…


WikiLeaks vaza mensagens sobre o pres. Zezinho

01/12/2010

AJUDA: A srta. Soninha Copélia não aguenta mais os vazamentos da torneira do pres. Zezinho e decidiu ela mesma resolver o problema.

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, foi novamente vítima de uma  vazamento mal-intencionado.

Depois de sofrer com os vazamentos que quase fizeram sua casa cair, o Presidente de Nascença vê, agora, vazarem informações sobre si no site WikiLeaks.

Nas correspondências que vazaram, não há nenhuma referência a ligações do pres. Zezinho com a CIA (Caracu Inteligency Agency), o que confirma os desmentidos anteriores.

Os documentos mostram o quanto o Mais Genial dos Economistas é admirado por todo o mundo. O embaixador dos EUA em Brasilia chega a comentar: “nunca vi alguém tão brilhante!”

x-9: Tom Jobim foi homenageado no enredo "Um Trapalhão Fofoqueiro no Reino Encantado dos Guerreiros da Esplanada Tupiniquim"

Constrangidos, os  diplomatas norte-americanos informam a Washington que o pres. Zezinho é muito mais capaz que Barack Obama e George Bush juntos, e chegam a considerar a hipótese de outorgar-lhe a cidadania norte-americana para que assuma a presidência do país.

O Carnaval também não escapa dos assuntos abordados. Em mensagem de fevereiro de 2009, o cônsul dos EUA em S. Paulo comenta o empenho do Maior dos Filhos da Mooca em favorecer uma escola de samba no carnaval paulistano.

Com o o apoio do adido militar dos EUA na Esplanada dos Ministérios, o músico desencarnado Tom Jobim, o pres. Zezinho teria tentado favorecer a Escola de Samba X-9 no Carnaval daquele ano.

Para os EUA, o pres. Zezinho (direita) teria uma relação privilegiada com a X-9.

Outros grandes feitos do Estadista da Mooca são celebradas pelos agentes dos EUA. Sua atuação decisiva na crise do Irã, na convenção de vendas da fábrica de chocolates Kopenhagen e na recente reunião do G-20 receberam centenas de referências elogiosas nos documentos oficiais dos EUA que vazaram.

Mas o tópico que apresenta mais referências é o Acordo CARACU EUA-Brasil, na qual o grande irmão do norte entrará com a primeira parte. Os diplomatas estadunidenses revelam o empenho pessoal do Presidente de Nascença durante a negociação.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: o pres. Zezinho teria se encantando com algumas diplomatas norte-americanas que conheceu em uma festa junina da UDN.

O Zezinho sempre gostou desse negócio de diplomacia. Quando era criança, ele sempre dizia que queria ser diplomata. Uma vez, a professora perguntou o que cada criança queria ser quando crescesse. O Reinaldinho Cabeção levantou a mão na mesma hora e disse: “eu quero ser assessor de imprensa do Zezinho”. A professora, então, perguntou ao Zezinho o que ele queria ser e ele disse: “eu quero ser diplomata, para ser embaixador dos Estados Unidos e mandar em todos os países do mundo”. A professora então disse que, como ele era brasileiro, o Zezinho nunca poderia ser diplomata americano. O Zezinho ficou furioso, começou a gritar e saiu da sala chorando.

As grandes capacidades do Presidente de Nascença também são celebradas pelos agentes dos EUA. Sua atuação decisiva na crise do Irã, na convenção de vendas da fábrica de chocolates Kopenhagen e na

Pres. Zezinho comanda operação contra tráfico no RJ

27/11/2010

O Mais Preparado dos Brasileiros, o futuro pres. Zezinho, mostrou mais uma vez que é a Liderança Inconteste de Todos os Brasileiros.

CAVEIRÃO: Graças ao pres. Zezinho, o sr. Maciel arrumou emprego como motorista de carro blindado da polícia.

O Presidente de Nascença assumiu o comando do combate à criminalidade no Rio, já que o governador, o usurpador do planalto e a usurpadora-mirim do planalto são uns incompetentes que não fazem nada.

Nesta semana, o Paladino da Segurança Pública convocou para uma reunião secreta o diretor-geral da PF, o Ministro da Defesa, os comandantes das Forças Armadas, o Secretário de Segurança, o Ministro da Justiça, os comandantes das polícias fluminenses e os diretores da Rede Globo e declarou que assumiria pessoalmente o comando das operações.

Foi ovacionado ao chegar à reunião. Mesmo o governador do RJ declarou: “tenho que admitir, o pres. Zezinho é o único que pode nos salvar”.

Pacifista, o pres. Zezinho não gosta de armas de fogo e prefere humoristas de fogo.

Gênio militar e especialista em segurança pública, o Mais Competente dos Gestores rapidamente apresentou as diretrizes para as operações e dividiu responsabilidades. Em menos de 15 minutos, tudo estava resolvido.

Revelação

Homem da paz e da concórdia, o Pres. Zezinho não aprecia, na segurança pública, soluções de enfrentamento. Ele prefere soluções negociadas, como a que levou à bem sucedida experiência da autogestão nos presídios de S. Paulo, implantada por ele e seu amigo Geraldinho do Vale.

Entretanto, face ao caos instalado na cidade, compreendeu que não haveria outra alternativa, mas preferiu agir silenciosamente, para não confundir nem assustar os eleitores infantis paulistas.

Emoção no reencontro

O pres. Zezinho chorou ao ver sua amiga Ymelda na gaiola.

Depois de orientar a preparação da operação, o pres. Zezinho dedicou-se ao descanso. Foi para Ipanema, levar Gabeira, um tucano verde que ele comprou, para rever os amigos. Depois, despachou com sua assessora para assuntos inconfessáveis, srta. Soninha Copélia, em local ignorado.

Suas atividades foram interrompidas por um telefonema com uma notícia feliz. Ymelda, uma velha amiga do pres. Zezinho, que havia desaparecido em Porto Alegre, fora encontrada em um cativeiro, durante a operação.

Imediatamente, o Maior dos Filhos da Mooca correu para a Vila Cruzeiro. Ao ver a amiga, começou a chorar de emoção e pediu que os policiais abrissem a gaiola em que estava presa. Mas os policiais acharam melhor deixá-la lá: “o senhor nos desculpe, mas essas aves parasitas são muito perigosas e não se deve deixá-las soltas”, teria dito um irredutível policial que a esta hora já deve estar demitido.

Comentário da tia Carmela

QUADRILHA: UDN fez uma festa junina para comemorar a firmeza do pres. Zezinho no combate ao crime.

O Zezinho sempre gostou de brincar de polícia e ladrão, quando era criança. Normalmente vinha um monte de meninos, e eles faziam uma arruaça danada na rua. Uma vez, eles fizeram tanta reinação que os vizinhos foram reclamar com o pai dele.  O seu Francesco disse que se ouvisse mais queixa dos vizinhos por conta da bagunça, dava uma coça nele.  Na próxima vez que  organizou uma brincadeira de polícia e ladrão, o Zezinho foi mais cuidadoso. Disse que ia ser o chefe da polícia e o Marcelinho, um amigo que ele tinha que queria ser policial, ia ser o ajudante dele.  Quando começou a brincadeira, o Zezinho e o Marcelinho, em vez de prenderem os ladrões, conversavam com eles, dizendo que, se eles se escondessem bem e não fizessem barulho, eles não iam pegá-los. E o Zezinho escapou de levar uma coça do pai…